Faça uma alimentação saudável Delicious This New Year!

Nancy Addison, chef and nutritionist discusses ways to make healthy eating delicious.

Quando saímos das férias com alegria e paz em nossos corações, vamos começar o Ano Novo com pensamentos de tornar o próximo ano ainda melhor e mais saudável.

Costumo falar com pessoas que acham que uma alimentação mais saudável nem sempre é deliciosa. Mas, a boa notícia é que quando começamos a fazer algo novo, nossos corpos se adaptam e nossas papilas gustativas se aclimam. Quando você muda sua dieta e começa a comer um tipo diferente de alimento, pode não parecer tão delicioso quanto você esperava. Isso é porque você não tem comido essa comida até agora e seu paladar não está acostumado com isso. Mas, se você continuar a ingerir esse alimento específico continuamente por cerca de duas semanas, seu corpo se adaptará e suas papilas gustativas se desenvolverão e se adaptarão a essas novas sensações gustativas.

Continue com a dieta nova e saudável e permita que seu corpo cresça e evolua com você. Dentro de duas semanas, essa nova comida terá um sabor melhor do que da primeira vez, e você terá enormes benefícios para a saúde!
Então, vamos começar com um novo plano alimentar para uma pessoa mais saudável e feliz! Para começar esta nova jornada dietética, comece de novo com as sete principais dicas para fazer uma alimentação saudável e deliciosa!

1: Use gordura saudável em suas receitas. Comer gordura não necessariamente faz uma pessoa gorda. Na verdade, os tipos certos de gordura podem tornar as pessoas magras, além de apoiar a saúde geral e aumentar a energia.

A indústria da publicidade quer nos fazer acreditar que a gordura é ruim ou engordativa. Mas, na realidade, a boa gordura pode ser fundamental para nossa saúde e nosso controle de peso. Gordura realmente diz ao corpo como utilizar proteínas e carboidratos. Gordura na nossa comida pode torná-lo rico e satisfatório.

Alimentos que são salgados geralmente têm alguma gordura neles, mas muitos produtos com baixo teor de gordura ou sem gordura são preenchidos com sal, açúcar, aditivos químicos e MSG para compensar a falta de sabor salgado que a gordura proporciona.

O óleo de coco e o óleo de abacate são exemplos de gorduras saudáveis, não processadas e puras.

O óleo de coco é visto na maior parte do mundo como o super-alimento das gorduras. O óleo de coco é uma gordura “saudável”. É uma gordura altamente quimicamente estável, o que significa que pode ser aquecida sem efeitos negativos. Muito poucos óleos tratam bem o calor, mas certos óleos de coco lidam com muito calor. Também é resistente à peroxidação lipídica (que pode ser uma via mecanicista comum que pode levar ao aumento do risco de câncer) e ranço.

O óleo de coco é único se você é um contador de calorias. O óleo de coco tem 2,6% menos calorias por grama do que outras gorduras. O óleo de coco nutre o corpo e seus ácidos graxos de cadeia média fornecem uma boa fonte de energia.

O óleo de coco também é altamente eficaz como antioxidante. O óleo de coco é um óleo alternativo seguro para qualquer receita culinária. E como uma gordura saudável, torna os alimentos ricos em sabor e saborosos!

Abacates são um superalimento cheio de vitaminas, minerais e gordura saudável. Eles são especialmente ricos em potássio e fibras, que contribuem para a perda de peso e têm sido associados a um menor risco de doença.

Dois: Use cogumelos em suas receitas. Estudos mostram que os cogumelos auxiliam o sistema imunológico, pois são ricos em potássio, selênio, cobre, riboflavina, niacina, ácido pantotênico e vitaminas do complexo B. Alguns tipos de cogumelos são uma das duas fontes naturais de vitamina D.

Cogumelos são uma excelente fonte de antioxidantes polifenóis, selênio e ergothioneine (conhecido como um antioxidante mestre, um aminoácido contendo enxofre. O enxofre é um nutriente extremamente importante, mas é altamente negligenciado.) Um cogumelo portobello médio tem mais potássio que um pequeno. banana. Cinco cogumelos cremini médios têm mais selênio do que um ovo grande ou três onças de carne magra. Além disso, o cobre nos cogumelos ajuda o corpo a produzir glóbulos vermelhos, que transportam oxigênio por todo o corpo.

Cogumelos são baixos em calorias e são cerca de 80-90% de água, o que os torna um ótimo substituto para a carne em receitas quando se quer cortar calorias. Adicionar cogumelos aos pratos é fácil.

Corte finamente alguns cogumelos e coloque-os em saladas, massas e sanduíches – ou sirva-os como acompanhamento. Grelhar é sempre ótimo, e cogumelos fazem uma alternativa saborosa e saudável para um hambúrguer. Adoro refogar-los com cebola e manteiga, a fim de realçar o sabor rico de cogumelos salgados. Cada cogumelo tem um sabor diferente, então experimente experimentando variedades diferentes.

Três: Coma alimentos orgânicos frescos e coloridos para obter antioxidantes. Antioxidantes estão na cor. Evite alimentos brancos e refinados e escolha aqueles com cores ricas. Por exemplo, no inverno, certos alimentos sazonais, como vegetais de raiz, podem ser muito reconfortantes, especialmente batatas! Mas, em vez de batatas brancas, tome um impulso antioxidante experimentando batatas vermelhas, batatas roxas, inhames ou batata-doce. Batata doce é deliciosa e rica em fibras e beta-caroteno. (Use óleo de coco como gordura saudável em pratos de batata. Misture em purê de batatas, ou use-o quando você cortar batatas para assar e fritar. Se você quiser um sabor amanteigado, adicione um pouquinho de ghee ao óleo de coco. Lembre-se: nunca guarde batatas na geladeira, pois isso transformará o amido em batatas em açúcar.)

Quatro: Cozinhe com sal marinho não refinado para aumentar sua saúde e bem-estar. Quando pergunto às pessoas se usam sal, elas costumam me dizer: “Não, eu como uma dieta pobre em sal por motivos de saúde”. Mas o sal marinho não refinado não é sal que é ruim para nós. É o tipo de sal que comemos que determina se é bom para você.

A palavra “eletrólito” é um termo médico sofisticado para o sal. Precisamos de eletrólitos para ser saudável. Nosso sistema imunológico não pode funcionar sem eles. De fato, dietas com baixo teor de sal promovem toxicidade e têm efeitos adversos no corpo. Dietas com baixo teor de sal promovem níveis elevados de insulina e resistência à insulina, bem como níveis elevados de colesterol normal e colesterol LDL. Dietas com baixo teor de sal levarão a deficiências minerais e ao desenvolvimento de doenças crônicas.

Adicionar sal marinho não refinado e rico em minerais à sua dieta pode aumentar o oxigênio utilizável no sangue, desintoxicar o sangue e neutralizar a radiação. O sal marinho não refinado e rico em minerais torna os capilares mais elásticos e aumenta o fluxo sanguíneo. Existem vários tipos de sal marinho não refinado, todos contendo diferentes conteúdos minerais. Tente alguns diferentes e veja qual deles é o melhor.

Cinco: Adicione temperos à sua comida para fornecer sabor e incríveis benefícios à saúde. Duas especiarias que eu mais recomendo adicionar são açafrão e canela.

A cúrcuma é um ingrediente comum na culinária indiana e contém um ingrediente chamado curcumina. A curcumina tem mais de 150 agentes terapêuticos para combater vírus, bactérias, doenças e outras condições crônicas.
Açafrão pode ajudar a conter indigestão e azia. Ele protege a saúde do cérebro e cardiovascular, estimula o sistema imunológico e diminui a inflamação. Açafrão funciona melhor quando combinado com gordura e se você combiná-lo com pimenta preta, você pode aumentar a taxa de absorção.

Canela é outro tempero que você pode adicionar às suas receitas. É muito eficaz na redução dos níveis de açúcar no sangue.

Seis: Use adoçantes mais saudáveis. O açúcar é como uma droga viciante. Dá ao corpo uma onda de energia artificial e o corpo começa a desejar essa energia. O Dr. Francis Stern afirma: “Uma característica do açúcar é o fato de que o gosto por doces, por alguma razão, leva a um desejo por mais do mesmo, da mesma forma que outras drogas criam desejos.” Eu encorajo você a limitar ou Elimine o açúcar da sua dieta, tanto quanto possível. Algumas sugestões para quando você deseja adicionar um adoçante são mel, xilitol, datas ou data de açúcar.

O mel é um adoçante natural que é antifúngico e antibacteriano. O mel contém uma variedade de nutrientes e minerais, bem como algumas enzimas. Sabe-se para facilitar a recuperação muscular e restauração de glicogênio após um treino. Substitua o mel por açúcar em receitas. Sempre compre mel cru, não refinado, para que as enzimas vivas e as propriedades nutricionais ainda estejam intactas.

O xilitol é um álcool de açúcar encontrado em frutas e legumes. É feito de casca de bétula e outras árvores de madeira dura. O xilitol tem menos calorias e 75% menos carboidratos que o açúcar. Estudos têm mostrado que a ingestão de xilitol pode alcalinizar o seu corpo, reduzir os desejos de açúcar e reduzir os níveis de insulina. Foi aprovado pelo FDA em 1963. (Como o chocolate, ovos brancos e uvas vermelhas, o xilitol é tóxico para os animais.)

Sete: Use deliciosos alimentos probióticos em suas receitas. A comida probiótica é vital para a saúde e a força do sistema imunológico, e suporta a digestão e a absorção de alimentos e nutrientes. Adicionar alho, cebola, vinagre de cidra cru, não processado, molho de soja cru, não processado, iogurtes de coco, kombucha e miso às suas receitas pode torná-los deliciosos, além de criar um sistema imunológico mais saudável!

Vegetais de Allium, como alho e cebola, têm sido estudados extensivamente em relação ao câncer. Seus efeitos benéficos e preventivos são provavelmente devidos em parte aos seus ricos compostos organosulfurados.

O alho, em particular, tem um sabor maravilhoso. É frágil, então eu adiciono no final do cozimento. Adicionando cebola é uma ótima maneira de adicionar sabor a um prato sem adicionar calorias extras. As cebolas podem ser refogadas, assadas e grelhadas ou caramelizadas. Use-os frescos como cobertura para sanduíches ou saladas, ou adicione-os a salsas e molhos. Eles têm propriedades probióticas e antifúngicas.

Os alimentos fermentados são alimentos que passaram por um processo de lactofermentação, no qual as bactérias naturais se alimentam do açúcar dos alimentos para criar ácido lático. Este processo preserva a comida. Cria enzimas benéficas, vitaminas do complexo B e probióticos.

Então, relaxe, siga em frente e abrace um novo estilo de vida mais saudável! Ao incorporar ingredientes deliciosos e saudáveis ​​em suas receitas, você fornecerá ao seu corpo algumas ferramentas necessárias para ajudá-lo a se curar e permanecer mais saudável no futuro. Agora é a hora de fazer a transição para um estilo de vida mais saudável que você possa manter pelo resto da sua vida! Sinta-se mais leve e brilhante em seu corpo, mente e espírito.

É hora de novas aventuras com comida!

Nancy Addison é uma conselheira de saúde certificada, nutricionista, chef, bem como um profissional certificado de Terapia Psicossomática. Ela ensina as pessoas a viver uma vida mais saudável e feliz através da nutrição e do estilo de vida. Ela apareceu na NBC, Fox, CBS e em documentários (um exemplo – “Eating You Alive”). Você pode acessá-la em seu site, Organic Healthy Life, ou encontrar receitas mais fáceis e saudáveis ​​nos livros de Nancy. Aqui está sua página de autor na Amazon. Autor.to/nancyaddison

copyright @ nancyaddison201

Fontes:

1 Gago-Dominguez, Manuela, et. al. (2007). Peroxidação lipídica, genes do estresse oxidativo e fatores dietéticos na proteção ao câncer de mama: uma hipótese. Pesquisa de Câncer de Mama 2006, [9:20]1. Obtido em http://www.breast-cancer-research.com/content/9/1/201

2 Benefícios para a saúde da canela: Quer saber como baixar o açúcar no sangue? Experimente um pouco de canela, que tem benefícios duplicados. ”(2007, 7 de novembro) Women'sHealth. Obtido de http://www.womenshealthmag.com/food/cinnamon-benefits-explained
3 Goulart, Frances Sheridan. (1991, 1 de março). “Você é esperto? Ligado a ataques cardíacos, doença renal, diabetes e outras doenças, o açúcar é para os anos 90 o que o colesterol era para os anos 80 (inclui 9 maneiras de lidar com os desejos de açúcar). American Fitness. Retirado de http://www.highbeam.com/doc/1G1-10722552.html

As informações de Nancy Addison e Organic Healthy Lifestyle LLC não são oferecidas para o diagnóstico, cura, mitigação, tratamento ou prevenção de qualquer doença ou distúrbio, e nenhuma declaração foi avaliada pela Food and Drug Administration (FDA). Nós encorajamos você a discutir assuntos de interesse com seu médico.

Isenção de responsabilidade médica: As informações fornecidas neste artigo, livro, podcast, site, e-mail, etc. são apenas para fins informativos. A informação é resultado de anos de prática e experiência de Nancy Addison CHC, AADP. No entanto, esta informação NÃO é pretendida como um substituto para o aconselhamento fornecido pelo seu médico ou outro profissional de saúde, ou qualquer informação contida em ou em qualquer rótulo ou embalagem do produto.

Limites de responsabilidade e isenção de garantia

O autor e o editor não são responsáveis ​​pelo uso indevido deste material. Este artigo, site e livros são estritamente para fins informativos e educacionais. Nancy Addison oferece informações e opiniões, não um substituto para a prevenção médica profissional, diagnóstico ou tratamento. Consulte o seu médico, farmacêutico ou profissional de saúde antes de tomar qualquer remédio caseiro ou suplementos, ou após qualquer tratamento sugerido por Nancy Addison ou por qualquer pessoa listada nos livros, artigos ou outras informações aqui contidas. Somente seu médico, seu médico pessoal ou farmacêutico podem fornecer conselhos sobre o que é seguro e eficaz para suas necessidades exclusivas ou diagnosticar seu histórico médico específico.

Para mais informações, acesse: www.organichealthylifestyle.com
copyright @ nancyaddison2015

Por favor, deixe um comentário e participe da conversa!

Eu amo ouvir o que você pensa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *